Notícias

Nações Unidas e UEFA lançam iniciativa “Futebol pelos Objetivos”

06 julho 2022

A ONU lança nesta quarta-feira (6), em parceria com a União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), a iniciativa “Futebol pelos Objetivos”. A data coincide com a estreia do Campeonato Europeu de Futebol Feminino 2022 (UEFA Women's EURO 2022).

A nova iniciativa tem como objetivo usar a visibilidade e poder de alcance de torneios, clubes, jogadores, marcas corporativas, meios de comunicação e comunidades de fãs para amplificar e elevar as metas traçadas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

A secretária-geral adjunta das Nações Unidas, Amina J. Mohammed, disse que o projeto é um reflexo da importância do esporte para a comunidade internacional. “As Nações Unidas reconhecem a poderosa voz que o futebol tem na comunidade internacional e o papel que este pode desempenhar, pela popularidade que tem, na sensibilização para os ODS. O futebol não só é o esporte mais popular do mundo, como é também o mais acessível", disse.

 

Nova campanha das Nações Unidas conta com o apoio da União das Associações Europeias de Futebol (UEFA).
Legenda: Nova campanha das Nações Unidas conta com o apoio da União das Associações Europeias de Futebol (UEFA).
Foto: © Divulgação.

Nesta quarta-feira (6), junto com a estreia do Campeonato Europeu de Futebol Feminino 2022 (UEFA Women's EURO 2022), as Nações Unidas lançam o “Futebol pelos Objetivos”, uma nova iniciativa que disponibiliza uma plataforma para que a comunidade futebolística mundial se envolva e defenda os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), que apresentou em dezembro de 2021 a sua própria estratégia de sustentabilidade centrada nos direitos humanos e no ambiente,  também juntou-se à iniciativa como membro pioneiro.

O projeto “Futebol pelos Objetivos” vai explorar o poder do esporte não só para aumentar a sensibilização e o reconhecimento dos ODS, mas também para alcançar mudanças comportamentais e práticas sustentáveis na indústria do futebol e servir como inspiração aos torcedores e apoiadores. 

A iniciativa foi lançada hoje com uma conversa entre a secretária-geral adjunta das Nações Unidas, Amina J. Mohammed, e o presidente da UEFA, Aleksander Čeferin. O evento que foi transmitido ao vivo no canal em inglês da ONU, no Youtube

Agentes do mundo futebolístico, o que inclui confederações, associações nacionais, ligas, clubes, jogadores, associações de jogadores, grupos organizados de torcedores, meios de comunicação e parceiros comerciais, estão sendo convidados a unirem-se ao “Futebol pelos Objetivos” e a tornarem-se agentes ativos de mudança, comprometendo-se a adotar os princípios do desenvolvimento sustentável e dos direitos humanos, a desenvolver práticas comerciais sustentáveis e a agir como “campeões dos ODS”. 

Os membros desta iniciativa vão usar a sua visibilidade e poder de alcance através de torneios, jogadores, exposição de marcas corporativas, meios de comunicação e comunidades de fãs para amplificar e elevar as metas traçadas pelos ODS. Com os seus compromissos, vão contribuir para aumentar a sensibilização para a causa e demonstrar como as práticas sustentáveis podem ser adaptadas a qualquer modelo de negócio, incluindo no esporte.

Para realçar a implementação dos compromissos delineados no “Futebol pelos Objetivos”, a Associação Norueguesa de Futebol está lançando um projeto-piloto que visa demonstrar como as suas equipes nacionais, clubes de futebol de base e ligas, e os seus parceiros mediáticos vão trabalhar em conjunto para apoiar os ODS. Irão, posteriormente, em conjunto com as Nações Unidas, compartilhar os resultados com os interessados em aderir ao “Futebol pelos Objetivos”. 

Popularidade - "As Nações Unidas reconhecem a poderosa voz que o futebol tem na comunidade internacional e o papel que este pode desempenhar, pela popularidade que tem, na sensibilização para os ODS. O futebol não só é o esporte mais popular do mundo, como é também o mais acessível", considera a secretária-geral adjunta das Nações Unidas, Amina J. Mohammed. "Tudo o que é preciso é uma bola para que as pessoas se juntem. Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo jogam futebol, seja num campo improvisado, num pátio escolar ou num estádio gigante. É por isso que estamos entusiasmados e orgulhosos por lançar esta iniciativa. O “Futebol pelos Objetivos” oferece uma oportunidade única para sensibilizar e galvanizar o mundo para a ação sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Estamos gratos à UEFA pelo seu empenho como membro pioneiro desta iniciativa e esperamos que muitos outros na comunidade do futebol se juntem a este esforço". 

"Estou satisfeito por as Nações Unidas reconhecerem a voz poderosa que o futebol tem na comunidade internacional, pela sua popularidade, e o papel que podemos desempenhar na sensibilização para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável", afirma o presidente da UEFA, Aleksander Čeferin. "A UEFA, como membro pioneiro do ‘Futebol pelos Objetivos’, aspira assumir um papel de liderança como expoente da mudança no esporte, contribuindo para a promoção do desenvolvimento sustentável e introduzindo modelos empresariais e operacionais mais sustentáveis para a indústria do futebol. Estou convencido que, se o futebol unir o seu poder para impulsionar uma mudança sustentável, será capaz de ter um impacto positivo, forte e duradouro. Como UEFA, devemos ser o exemplo de uma mudança sustentável e inspirar outros a seguir o mesmo caminho".

Sobre - O “Futebol pelos Objetivos” é uma iniciativa das Nações Unidas em colaboração com partes interessadas e protagonistas do futebol, para alavancar o poder de alcance desta modalidade esportiva, impulsionando o progresso em áreas como a sustentabilidade, igualdade, direitos humanos e ação climática, promovendo ações e práticas que apoiam a realização dos ODS.

A iniciativa convida a comunidade futebolística internacional, incluindo confederações, federações, associações, ligas, clubes, jogadores, associações de jogadores, meios de comunicação e grupos organizados de torcedores, a tornarem-se agentes de mudança, comprometendo-se com os princípios do desenvolvimento sustentável, adotando práticas sustentáveis e atuando como “campeões dos ODS”. Os membros reconhecem a responsabilidade da comunidade futebolística em tomar medidas para ajudar a criar um futuro sustentável, ao mesmo tempo que garantem a inclusão, igualdade e equidade para os cidadãos. 

ODS- Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável foram adotados pelos líderes mundiais em setembro de 2015. Abrangendo tudo, desde a saúde, à igualdade de gênero e educação, os objetivos mobilizam esforços em todo o mundo para acabar com todas as formas de pobreza, combater as desigualdades e combater as alterações climáticas até 2030, assegurando, ao mesmo tempo, que ninguém fica para trás. 

UEFA - A UEFA é o órgão dirigente do futebol europeu e a organização coordenadora de 55 associações nacionais em toda a Europa. Os seus objetivos são, entre outros, promover o futebol num espírito de unidade, solidariedade, paz, compreensão e fair play, sem discriminação, e promover e proteger padrões éticos e de boa governança no futebol europeu. 

Nações Unidas e UEFA lançam iniciativa “Futebol pelos Objetivos”

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

ONU
Organização das Nações Unidas

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa