Centro de Excelência do Programa Mundial de Alimentos participa de evento virtual sobre alimentação em Madri

  • O Centro de Excelência contra a Fome do WFP no Brasil participou do Foro ABC Alimenta Madrid, que reuniu especialistas, associações e representantes do setor da gastronomia.
  • Os participantes analisaram os desafios enfrentados por agricultores na Espanha e também discutiram as tendências no setor de alimentação e nutrição, abordando mudanças nos hábitos de consumo e soluções inovadoras.
Foro ABC Alimenta Madrid
Foro ABC Alimenta Madrid

O Centro de Excelência contra a Fome do WFP no Brasil participou do Foro ABC Alimenta Madrid, que reuniu especialistas, associações e representantes do setor da gastronomia. Os participantes analisaram os desafios enfrentados por agricultores na Espanha e também discutiram as tendências no setor de alimentação e nutrição, abordando mudanças nos hábitos de consumo e soluções inovadoras. Joelcio Carvalho, oficial de Projetos do Centro de Excelência do WFP, fez a palestra de encerramento do evento.

Joelcio Carvalho apresentou o trabalho global do WFP na distribuição de alimentos em emergências, atendendo a cerca de 100 milhões de pessoas em mais de 80 países. Ele também lembrou que 690 milhões de pessoas passam fome atualmente no mundo e citou os impactos de longo prazo da fome. “As consequências da falta de alimentos não só causam sofrimento, mas também retardaram o progresso em muitas outras áreas de desenvolvimento, como educação e emprego”, disse.

O oficial também falou sobre a importância da valorização da agricultura e compra local para abastecer programas como os da alimentação escolar. “A pandemia tem dificultado o uso de recursos para compras locais em muitos países, por isso vemos que há necessidade de flexibilizar recursos e subsídios, de modo a criar novas oportunidades de venda de produção e impactar positivamente os grupos mais vulneráveis”, afirmou.

Joelcio também falou dos exemplos de boas práticas do programa de alimentação escolar no Brasil, que determina que ao menos 30% do que é servido às crianças venha da agricultura familiar. O evento contou com as participações de representantes da Comissão Europeia, da Comunidade de Madri, de comitês e associações de agricultura na Espanha, de jornalistas e chefs de cozinha.

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
WFP
Programa Mundial de Alimentos