UNAIDS, Barong e parceiros lançam vídeo sobre projeto de medicamento antirretroviral

  • Para celebrar o Dia Mundial contra a AIDS (1/12), o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o Instituto Cultural Barong, de São Paulo, se uniram para compartilhar o vídeo que demonstra o trabalho que está sendo realizado pelo projeto Balaio.
  • Durante a pandemia de COVID-19, o Balaio tem realizado um trabalho de busca ativa de pessoas e entrega medicamentos antirretrovirais, alimentos, kits de higiene, gás e assistência social para pessoas que vivem com HIV e que vivem com AIDS em situação mais vulnerável.
  • O projeto surgiu em abril de 2020 para mitigar os efeitos do impacto secundário da pandemia sobre as pessoas mais vulneráveis e mais afetadas pela pandemia, como população em situação de rua e LBGTI+.
Remote file

Para celebrar o Dia Mundial contra a AIDS (1/12), o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o Instituto Cultural Barong, de São Paulo, se uniram para compartilhar o vídeo que demonstra o trabalho que está sendo realizado pelo projeto Balaio.

Durante a pandemia de COVID-19, o Balaio tem realizado um trabalho de busca ativa de pessoas e entrega medicamentos antirretrovirais, alimentos, kits de higiene, gás e assistência social para pessoas que vivem com HIV e que vivem com AIDS em situação mais vulnerável.

O projeto surgiu em abril de 2020 para mitigar os efeitos do impacto secundário da pandemia sobre as pessoas mais vulneráveis e mais afetadas pela pandemia, como população em situação de rua e LBGTI+.

A demanda foi identificada por uma pesquisa online realizada com mais de 3 mil pessoas pelo UNAIDS no Brasil em março. Entre os resultados, um terço das pessoas entrevistadas destacou a necessidade de receber apoio com suprimentos básicos, incluindo cestas básicas e kits de higiene.

A partir de metodologia desenvolvida com o CRT, o Barong coleta os medicamentos antirretrovirais, e entrega para pessoas que precisam e demonstraram o interesse em receber.

Junto aos medicamentos antirretrovirais, já foram distribuídas 1.200 cestas básicas de 18kg, 460 kits de higiene e limpeza, 1.200 kits de saúde sexual, 920 kits de proteção à COVID-19, 18 cargas de gás, três botijões, além de roupas, sapatos e cobertores quando necessário.

Segundo o Instituto Cultural Barong, as primeiras doações foram realizadas por pessoas físicas de forma espontânea, muitas vezes anônimas, o que foi determinante para que o projeto tomasse impulso.

“O custo de uma passagem de ônibus para buscar os medicamentos e a falta de alimento são realidades que as pessoas mais vulneráveis vivem e que podem contribuir para a interrupção do tratamento. As barreiras sociais e estruturais limitam esse acesso e por isso o trabalho do projeto Balaio é tão necessário”, explica Claudia Velasquez, diretora e representante do UNAIDS.

O projeto contou com apoio do Centro de Referência da Diversidade (CRD), Pela Vidda/SP, Instituto de Infectologia Emilio Ribas, Centro de Referência e Tratamento de DST Aids de São Paulo (CRT/SP), AIDS Health Foundation (AHF) no Brasil e da DKT Prudence.

Para Adriana Bertini, diretora deliberativa para fomento de projetos do Instituto Cultural Barong e uma das lideranças do projeto Balaio, o projeto vai além de medicamentos antirretrovirais e entrega de alimentos.

“A escuta e o acolhimento foram de extrema importância que fizemos para entender a vulnerabilidade das pessoas atendidas. E quando a gente faz a ação in loco de entregar o medicamento ou a cesta básica na casa da pessoa beneficiária, podemos realmente avaliar o grau de vulnerabilidade”, disse Bertini.

“O trabalho das comunidades aliado ao sistema de saúde mostra como essa parceria é potente. A resposta ao HIV e à COVID-19 está estritamente ligada à atuação das comunidades e isso é determinante para que ninguém fique para trás”, ressalta Claudia Velasquez.

Adriana Bertini ainda destaca que o trabalho vai além da entrega dos medicamentos e alimentação. “O Balaio nos abriu uma porta para entender de uma forma mais profunda como podemos espalhar a afetividade, amor, atenção, e essa escuta, incluindo a assistência social.”

Confira o vídeo do Projeto Balaio:

Faça uma doação

Sua doação faz a diferença! Com R$ 25,00, você ajuda a comprar 1 kit de higiene e limpeza. Com R$ 100,00, você ajuda a comprar 1 cesta básica de alimentos. Doe o valor que for possível para você! As doações podem ser feitas por transferência para a conta do Barong:

Banco Bradesco Instituto Cultural Barong CNPJ: 04.125.363/0001-04 Agência: 3103 | Conta poupança: 17049–6

As doações também podem ser feitas pelo QR Code do PicPay; saiba mais clicando aqui.

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
UNAIDS
Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/SIDA