Com apoio do WFP, Brasil faz doação humanitária à Guiné Equatorial

  • Em caráter de cooperação humanitária, o Brasil doou ao governo da Guiné Equatorial produtos alimentícios e nutricionais para atender à população diretamente atingida pelas explosões ocorridas em 7 de março, no quartel de Nkuantoma, na cidade de Bata, resultando em centenas de feridos e mais de 100 mortos.
  • A ação foi coordenada pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE), e pela Embaixada do Brasil em Malabo, com o apoio do Programa Mundial de Alimentos (WFP).

Em caráter de cooperação humanitária, o Brasil doou ao governo da Guiné Equatorial produtos alimentícios e nutricionais para atender à população diretamente atingida pelas explosões ocorridas em 7 de março, no quartel de Nkuantoma, na cidade de Bata, resultando em centenas de feridos e mais de 100 mortos.

A ação foi coordenada pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE), e pela Embaixada do Brasil em Malabo, com o apoio do Programa Mundial de Alimentos (WFP).

A cerimônia simbólica de entrega dos alimentos foi realizada no dia 25 de março, em Malabo, capital equato-guineense.

A doação é uma resposta humanitária do Brasil ao apelo lançado por aquele país africano à comunidade internacional. Estima-se que cerca de mil famílias, ou equivalente a cerca de 6 mil pessoas, foram contempladas pela ação.

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
WFP
Programa Mundial de Alimentos