Notícias

Brasil e WFP fornecem equipamentos de resposta a emergências para Fiji

13 outubro 2021

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) entregou um conjunto de equipamentos de resposta a emergências no valor de 75.000 dólares, doados pelo governo brasileiro, para aumentar as capacidades de resposta a emergências de Fiji.

Os equipamentos especializados de comunicação por satélite, tablets inteligentes e bancos de energia entregues em outubro juntam-se a dois armazéns móveis doados ao país após o Ciclone Tropical Yasa.

As doações irão auxiliar o arquipélago no Pacífico a lidar com a próxima temporada de ciclones e outros eventos climáticos extremos.

Legenda: A diretora do Escritório do WFP na região do Pacífico, Jo Pilgrim, entregou os equipamentos ao ministro do Desenvolvimento Rural e Marítimo e Gestão de Desastres, Inia Seruiratu
Foto: © WFP

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) entregou um conjunto de equipamentos de resposta a emergências no valor de 75.000 dólares, doados pelo governo brasileiro, para aumentar as capacidades de resposta a emergências do Escritório Nacional de Gestão de Desastres de Fiji (NDMO). Os equipamentos especializados de comunicação por satélite, tablets inteligentes e bancos de energia entregues em 8 de outubro juntam-se a dois armazéns móveis doados ao Fiji NDMO após o Ciclone Tropical Yasa.

“Com a próxima temporada de ciclones se aproximando, este equipamento de emergência adicional apoiará ainda mais as capacidades de preparação de nossos colegas no NDMO e agradecemos ao governo do Brasil por sua generosa doação”, disse a diretora do Escritório do WFP na região do Pacífico, Jo Pilgrim. “Em tempos de COVID-19, o hardware adicional para comunicações por satélite dará ao NDMO maior flexibilidade para o planejamento de preparação para comunicações de emergência antes da temporada de ciclones.”

O conjunto de equipamentos apoiará os primeiros respondentes de Fiji em solo com conectividade portátil por meio de terminais de BGAN (Broadband Global Area Network) e telefones via satélite, em áreas onde a infraestrutura de comunicação regular é afetada por ciclones e outros eventos climáticos extremos. Os tablets inteligentes e bancos de energia darão suporte à coleta rápida de dados no campo imediatamente após a ocorrência de um desastre, enquanto os armazéns móveis fornecem capacidade e flexibilidade para operações de logística de emergência.

“A entrega desses telefones via satélite, terminais de satélite BGAN, bancos de energia e tablets não apenas aumentará os recursos de resposta de emergência de NDMOs, mas também ajudará na coleta de dados, planejamento e solução de conectividade portátil para o ciclo de Gerenciamento de Risco de Desastres. Nas últimas semanas, o Escritório Nacional de Gestão de Desastres de Fiji tem trabalhado com ministérios do governo e parceiros para consolidar nossa verificação de prontidão operacional nacional. Uma plataforma online foi criada para este exercício crucial. A plataforma nos dá a capacidade de saber com antecedência a localização de ativos críticos e de tomar decisões oportunas para posicionar ou resolver alguma lacuna”, disse o ministro do Desenvolvimento Rural e Marítimo e Gestão de Desastres, Inia Seruiratu.

“O governo brasileiro está satisfeito por ter contribuído para melhorar a preparação para emergências de Fiji, com o apoio do WFP. A pandemia destacou a importância da solidariedade internacional e o Brasil faz questão de ajudar o povo e o governo de Fiji ”, disse o embaixador do Brasil no país, Mauricio Carvalho Lyrio.

Brasil e WFP fornecem equipamentos de resposta a emergências para Fiji

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

WFP
Programa Mundial de Alimentos

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa