Notícias

Autoridades da América Latina e do Caribe debaterão sobre desastres, desigualdade e proteção social

20 outubro 2021

De 26 a 28 de outubro será realizada a 4ª Reunião da Conferência Regional sobre o Desenvolvimento Social da América Latina e do Caribe, organizada pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), pelo Governo de Antígua e Barbuda e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

O evento inclui quatro painéis que abordarão temas como desastres e proteção social no Caribe; propostas para uma reconstrução transformadora, com resiliência e inclusão; e oportunidades e desafios institucionais para um sistema de proteção social universal, abrangente, sustentável e resiliente.

No encontro, também será apresentado o relatório: "Desastres e desigualdade em uma crise prolongada: rumo à sistemas de proteção social universais, abrangentes, resilientes e sustentáveis na América Latina e no Caribe", elaborado pela CEPAL.

Uma mulher caminha por um mercado inundado em Porto Príncipe, Haiti, depois que o furacão Sandy devastou a ilha caribenha em 2012
Legenda: Um dos painéis do encontro debaterá desastres e proteção social no Caribe.
Na foto, uma mulher caminha em Porto Príncipe, Haiti, após uma inundação causada por um furacão
Foto: © Logan Abassi/UN Photo

Autoridades das áreas sociais dos países da região debaterão de 26 a 28 de outubro sobre a vulnerabilidade diante dos desastres, o aumento da desigualdade e a necessidade de contar com sistemas de proteção social universais, abrangentes, resilientes e sustentáveis, entre outros temas, durante a 4ª Reunião da Conferência Regional sobre o Desenvolvimento Social da América Latina e do Caribe organizada de forma virtual pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), pelo Governo de Antígua e Barbuda e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

A reunião regional será inaugurada na terça-feira (26), às 10h de Antígua e Barbuda (11h de Brasília) por Dean Jonas, ministro da Transformação Social, Desenvolvimento de Recursos Humanos e Economia Azul de Antígua e Barbuda; Javier May, secretário de Bem-Estar do México; Luis Felipe López-Calva, diretor regional do PNUD para a América Latina e o Caribe; e Alicia Bárcena, secretária-executiva da CEPAL.

Na reunião, também será apresentado o relatório: "Desastres e desigualdade em uma crise prolongada: rumo à sistemas de proteção social universais, abrangentes, resilientes e sustentáveis na América Latina e no Caribe". O documento analisa opções para implementar a Agenda Regional de Desenvolvimento Social Inclusivo (ARDSI) à luz das demandas de proteção social diante de desastres, com um enfoque orientado para uma recuperação transformadora com igualdade e sustentabilidade. A ARDSI foi aprovada em outubro de 2019 no México no âmbito da Terceira Conferência Regional sobre o Desenvolvimento Social.

A reunião intergovernamental inclui quatro painéis que abordarão temas como desastres e proteção social no Caribe; propostas para uma reconstrução transformadora, com resiliência e inclusão; e oportunidades e desafios institucionais para um sistema de proteção social universal, abrangente, sustentável e resiliente.

O Painel 3, intitulado: “Repensando a proteção social na América Latina e no Caribe”, será realizado na quarta-feira (27), entre 15h e 17h de Antígua e Barbuda (16h e 18h de Brasília), e será liderado pelo PNUD.

Antes do início das atividades oficiais, no dia 25 de outubro, haverá um encontro da sociedade civil. O programa inclui também uma série de eventos paralelos organizados pela CEPAL em conjunto com outras instituições.

Tanto o programa quanto as informações gerais do evento estão disponíveis no site especialmente criado para a reunião.   

Os meios de comunicação estão convidados a acompanhar o evento pelas diversas plataformas de transmissão.

Serviço

Abertura

  • Terça-feira, 26 de outubro
  • 11h de Brasília
  • Dean Jonas, Ministro da Transformação Social, Desenvolvimento de Recursos Humanos e Economia Azul de Antígua e Barbuda.
  • Javier May, Secretário de Bem-Estar do México.
  • Luis Felipe López-Calva, Diretor Regional do PNUD para a América Latina e o Caribe.
  • Alicia Bárcena, Secretária-Executiva da CEPAL

Autoridades da América Latina e do Caribe debaterão sobre desastres, desigualdade e proteção social

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

CEPAL
Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe
PNUD
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa