Notícias

PNUD prorroga inscrições de edital do Projeto Floresta+ Amazônia

30 maio 2022

As inscrições para o novo edital do Projeto Floresta+ Amazônia, dentro da modalidade Floresta+ Comunidades, foram prorrogadas até 10 de junho. 

Voltado aos povos indígenas e de comunidades tradicionais que vivem na Amazônia Legal, o edital busca ideias de projetos inclusivos, dentro dos temas: conservação ambiental, recuperação de áreas degradadas, produção agroecológica, fortalecimento das cadeias de produtos da bioeconomia amazônica, vigilância e proteção territorial. 

As inscrições podem ser feitas pela internet, por correio ou presencialmente nos postos locais do Projeto Floresta+ Amazônia.

 

Os temas que receberão apoio são: conservação ambiental, recuperação de áreas degradadas, produção agroecológica, fortalecimento das cadeias de produtos da bioeconomia amazônica, vigilância e proteção territorial.
Legenda: Os temas que receberão apoio são: conservação ambiental, recuperação de áreas degradadas, produção agroecológica, fortalecimento das cadeias de produtos da bioeconomia amazônica, vigilância e proteção territorial.
Foto: © Ministério do Meio Ambiente.

Povos indígenas e de comunidades tradicionais que vivem na Amazônia Legal têm até 10 de junho para enviar ideias de projetos ao edital da modalidade Floresta+ Comunidades, do Projeto Floresta+ Amazônia. O prazo de inscrição foi prorrogado. No site do projeto é possível consultar os requisitos de participação e materiais de apoio, como vídeos de sessões informativas e o guia de perguntas frequentes.

As ideias de projeto devem ser elaboradas envolvendo toda a comunidade, incluindo mulheres, homens, jovens e anciãs(ãos). Os temas que receberão apoio são: conservação ambiental, recuperação de áreas degradadas, produção agroecológica, fortalecimento das cadeias de produtos da bioeconomia amazônica, vigilância e proteção territorial. 

Inscrições - O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) receberá as ideias de projeto por e-mail, formulário on-line, por correio ou entrega nos postos locais do Projeto Floresta+ Amazônia.

Em seguida, os projetos serão avaliados por um Comitê Técnico. As ideias de projeto selecionadas deverão ser detalhadas pelas comunidades e sua associação de base ou uma organização parceira de implementação. 

É importante que a organização escolhida pela comunidade para ser a implementadora do seu projeto participe do processo de cadastramento junto ao PNUD (mais informações aqui). 

Floresta+ Amazônia - O Projeto Floresta+ Amazônia, resultado de uma parceria entre o PNUD e o  Ministério do Meio Ambiente (MMA), recompensa quem protege e recupera a floresta e contribui para a redução de emissões de gases de efeito estufa. Com o foco na estratégia de pagamentos por serviços ambientais, até 2026 a iniciativa reconhecerá o trabalho de pequenos produtores rurais, apoiará projetos de povos indígenas e de comunidades tradicionais, além de fomentar ações de inovação com foco no desenvolvimento sustentável na Amazônia Legal. O projeto funciona por meio de quatro modalidades: Floresta+ Conservação; Floresta+ Recuperação; Floresta+ Comunidades; Floresta+ Inovação. 

PNUD prorroga inscrições de edital do Projeto Floresta+ Amazônia

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

PNUD
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa