Concurso de redação sobre ODS em Alagoas tem apoio do ONU-Habitat

  • O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) apoiou institucionalmente o I Concurso de Redação, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL) para estudantes do curso de graduação em Direito de instituições de Ensino Superior da rede pública ou privada de Alagoas.
  • Foram recebidas quase 50 redações de estudantes de diversas instituições e, de acordo com a presidente da Comissão Especial do Pacto Global da OAB-AL, Raphaela Freitas, a iniciativa representou uma “oportunidade pioneira de dar visibilidade à produção da comunidade jurídica estudantil alagoana, incentivar a realização de debates sobre a Agenda 2030 no ambiente universitário e promover uma cultura de reflexão crítica alinhada aos ODS e aos seus temas transversais”.
Concurso de redação sobre ODS é uma iniciativa da OAB Alagoas e conta com apoio do ONU Habitat.
Concurso de redação sobre ODS é uma iniciativa da OAB Alagoas e conta com apoio do ONU Habitat.

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) apoiou institucionalmente o I Concurso de Redação, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL), para estudantes do curso de graduação em Direito de Instituições de Ensino Superior da rede pública ou privada do estado de Alagoas.

O Concurso ocorreu em comemoração ao Dia Internacional da Juventude (12 de agosto) e foi organizado pela Comissão Especial do Pacto Global da Seccional Alagoas, com o apoio da Diretoria de Comissões da OAB-AL, da Escola Superior de Advocacia (ESA) e do Programa de Embaixadores da Juventude da ONU.

A iniciativa teve como objetivo criar um espaço de interlocução entre a OAB-AL e a comunidade estudantil, a partir da compreensão, sensibilização e divulgação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), buscando uma conscientização e engajamento dessa comunidade na disseminação dos ODS, em especial, aqueles relacionados ao combate às desigualdades, às injustiças e ao fortalecimento de direitos universais e indivisíveis.

As redações deveriam abordar o tema “A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável como instrumento de concretização dos Direitos Humanos: perspectivas e desafios para a sua implementação em Alagoas”.

Foram recebidas quase 50 redações de estudantes de diversas instituições e de acordo com a Presidente da Comissão Especial do Pacto Global da OAB-AL, Raphaela Freitas, a iniciativa representou uma “oportunidade pioneira de dar visibilidade à produção da comunidade jurídica estudantil alagoana, incentivar a realização de debates sobre a Agenda 2030 no ambiente universitário e promover uma cultura de reflexão crítica alinhada aos ODS e aos seus temas transversais”.

A premiação do Concurso acontece nesta quarta-feira (23) e as três primeiras colocadas receberão vouchers para participação em curso de atualização e prática jurídica, livros jurídicos e créditos que poderão ser utilizados em cursos da Escola Superior de Advocacia.

Para a analista de programas do ONU-Habitat em Alagoas, Paula Zacarias, integrante da Comissão Julgadora do Concurso, “apoiar e participar de iniciativas como essa fortalecem a atuação da Agência no estado e permitem compartilhar as melhores práticas para a integração das dimensões do desenvolvimento sustentável com os direitos humanos”.

Para mais informações sobre o Concurso e o resultado final, acessar aqui.

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
ONU-HABITAT
Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos