Notícias

Aplicativo brasileiro para trabalhadoras domésticas vence prêmio de tecnologia

10 novembro 2020

  • Um aplicativo brasileiro venceu uma das categorias do prêmio de tecnologia da EQUALS, uma parceria global pela igualdade de gênero da União Internacional de Telecomunicações (UIT) com a GSMA, o International Trade Center, a Universidade das Nações Unidas e a ONU Mulheres.
  • Laudelina foi selecionado na categoria de acesso da premiação. O aplicativo cria uma rede entre as trabalhadoras domésticas e sindicatos, além de divulgar novos direitos da categoria.
Aplicativo Laudelina venceu prêmio EQUALS
Legenda: Aplicativo Laudelina venceu prêmio EQUALS
Foto: © Themis

Um aplicativo brasileiro venceu uma das categorias do prêmio de tecnologia da EQUALS, uma parceria global pela igualdade de gênero da União Internacional de Telecomunicações (UIT) com a GSMA, o International Trade Center, a Universidade das Nações Unidas e a ONU Mulheres. Laudelina foi selecionado na categoria de acesso da premiação. O aplicativo cria uma rede entre as trabalhadoras domésticas e sindicatos, além de divulgar novos direitos da categoria.

O prêmio de tenologia EQUALS procura por iniciativas e projetos inovadores que promovam a igualdade de gênero online e no setor de tecnologia que devem alcançar meninas e mulheres de uma forma impactante; ter o potencial escalável ou replicável e ser adaptável a outros contextos; ser inovador e trabalhar em colaboração com parceiros. São cinco categorias: acesso, habilidades, liderança em tecnologia, liderança em pequenas e médias empresas e pesquisa.

O aplicativo brasileiro vencedor na categoria acesso possui manual sobre os direitos das trabalhadoras domésticas; calculadoras de salário, benefícios e rescisão contratual; lista de instituições de proteção de diferentes cidades do Brasil; e rede de contatos de trabalhadoras de uma mesma região, possibilitando a troca de informações, o fortalecimento de uma rede de apoio, e facilitando a organização das trabalhadoras, inclusive sindical. 

A organização responsável pela criação do aplicativo é Themis  – Gênero, Justiça e Direitos Humanos, criada em 1993 por um grupo de advogadas e cientistas sociais com o objetivo de enfrentar a discriminação contra mulheres no sistema de justiça. A Themis atua na promoção de uma rede de apoio e enfrentamento formada por diversos segmentos para compartilhar, elucidar e defender os direitos fundamentais das mulheres. Desde a sua criação, desenvolveu 17 programas de formação de Promotoras Legais Populares e Jovens Multiplicadoras de Cidadania.

EQUALS - Lançado em 2016, o EQUALS é um grupo de líderes corporativos, governos, empresas, organizações sem fins lucrativos, instituições acadêmicas, ONGs e grupos comunitários em todo o mundo dedicado a promover o equilíbrio de gênero no setor de tecnologia por meio da defesa da igualdade de acesso, o desenvolvimento de habilidades e oportunidades de carreira para mulheres e homens.

O objetivo é promover a conscientização, construindo compromisso político, alavancando recursos e conhecimento, aproveitando as capacidades dos parceiros e apoiando ações reais e busca alcançar a igualdade de gênero digital e, por meio disso, melhorar a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Agora composto por mais de 90 parceiros o EQUALS usa uma abordagem multidisciplinar que integra pesquisa, política e programação para promover a igualdade de gênero no acesso à tecnologia, habilidades e liderança, bem como conduzir pesquisas inovadoras baseadas em evidências.

Para saber mais sobre o prêmio, clique aqui.

 

 

Aplicativo brasileiro para trabalhadoras domésticas vence prêmio de tecnologia

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

UIT
União Internacional das Telecomunicações
ONU Mulheres
Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e Empoderamento da Mulher

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa