Notícias

Grande Barreira de Corais está em perigo, diz relatório preliminar de Patrimônio Mundial da ONU

23 junho 2021

  • O Comitê do Patrimônio Mundial recomenda que a Grande Barreira de Corais da Austrália seja incluída em uma lista do patrimônio mundial em perigo, de acordo com um relatório preliminar.
  • Segundo o Comitê ligado à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), o país não fez o suficiente para proteger o maior sistema de recifes de coral do mundo dos impactos das mudanças climáticas.
  • A medida foi fortemente criticada pelo governo australiano.
A Grande Barreira de Corais na Austrália é o maior sistema de recifes de coral do mundo
Legenda: A Grande Barreira de Corais na Austrália é o maior sistema de recifes de coral do mundo
Foto: © Matt Curnock/Ocean Image Bank

O Comitê do Patrimônio Mundial recomenda que a Grande Barreira de Corais da Austrália seja incluída em uma lista do patrimônio mundial em perigo, de acordo com um relatório preliminar divulgado na segunda-feira (21). A medida foi fortemente criticada pelo governo australiano.

Segundo o Comitê ligado à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), o país não fez o suficiente para proteger o maior sistema de recifes de coral do mundo dos impactos das mudanças climáticas.

Mudanças climáticas e branqueamento de corais - Apesar dos compromissos e do progresso de um plano de sustentabilidade de longo prazo conhecido como Reef 2050, a Grande Barreira de Corais continua a se deteriorar. De acordo com o relatório, os corais sofreram um branqueamento significativo nos últimos cinco anos.

“Pode-se concluir que, apesar de muitas conquistas positivas do Estado-parte, o progresso tem sido insuficiente no cumprimento das metas principais do Plano Reef 2050”, disse o relatório preliminar.

O comitê da ONU é formado por representantes de 21 países e sua próxima reunião será realizada virtualmente na China em julho.

“O Plano requer compromissos mais fortes e claros, em particular no sentido de combater urgentemente os efeitos das mudanças climáticas, mas também no sentido de acelerar a melhoria da qualidade da água e medidas de gestão do solo”, continua o texto.

Segundo o Comitê, os efeitos generalizados dos eventos consecutivos de branqueamento de corais aumentam ainda mais as preocupações significativas em relação ao futuro da propriedade.

Como o recife "enfrenta um perigo comprovado", o relatório pede sua inscrição na Lista do Patrimônio Mundial em Perigo.

Oposição australiana - A Austrália vai contestar a recomendação proposta, de acordo com um comunicado publicado na terça-feira (22) no site do ministro do Meio Ambiente do país, Sussan Ley.

Segundo o comunicado, as autoridades "ficaram chocadas pela mudança das garantias anteriores de funcionários da ONU de que o Recife não enfrentaria tal recomendação antes da reunião do Comitê do Patrimônio Mundial da UNESCO, organizada pela China em julho, e estão preocupadas com um desvio do processo normal em avaliar o status de conservação de Propriedades do Patrimônio Mundial”.

Ley disse que o projeto de decisão foi feito com base em uma revisão documental e sem a consulta adequada.

"A Grande Barreira de Corais é o recife mais bem administrado do mundo e este projeto de recomendação foi feito sem examinar o recife em primeira mão e sem as informações mais recentes", afirmou.

Grande Barreira de Corais está em perigo, diz relatório preliminar de Patrimônio Mundial da ONU

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

UNESCO
Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa