Notícias

Sebrae-RJ e GEF Biogás Brasil conversam com empresários do Rio de Janeiro sobre oportunidades de negócios do biogás

16 julho 2021

  • Webinar com empresários contou com apresentações técnicas de integrantes do projeto GEF Biogás Brasil, que é liderado pelo MCTI, implementado pela UNIDO e executado pelo CIBiogás.
  • O bate-papo online envolveu empresas do Rio de Janeiro interessadas em novas oportunidades de negócios ligadas ao biogás. 
  • Os participantes destacaram as possibilidades de desenvolvimento regional por meio da cadeia produtiva do biogás, que é uma rota circular de investimentos e oportunidades para indústrias e fornecedores de equipamentos e serviços.
Legenda: Webinar com empresários contou com apresentações técnicas de integrantes do projeto GEF Biogás Brasil, que é liderado pelo MCTI, implementado pela UNIDO e executado pelo CIBiogás
Foto: © UNIDO

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no estado do Rio de Janeiro (Sebrae-RJ), em parceria com o Projeto GEF Biogás Brasil, realizou recentemente o webinar “Talk Biogás: Perspectivas e oportunidades para as micro e pequenas empresas fluminenses”. O evento também contou com a colaboração da Associação Brasileira do Biogás (ABiogás) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O bate-papo online envolveu empresas do Rio de Janeiro interessadas em novas oportunidades de negócios ligadas ao biogás. Os participantes destacaram as possibilidades de desenvolvimento regional por meio da cadeia produtiva do biogás, que é uma rota circular de investimentos e oportunidades para indústrias e fornecedores de equipamentos e serviços.

O projeto GEF Biogás Brasil é liderado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), implementado pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e executado pelo Centro Internacional de Energias Renováveis (CIBiogás). O webinar com empresários do Rio contou com apresentações de integrantes do Projeto.

Durante o evento, o diretor presidente do CIBiogás, Rafael González, chamou a atenção para o momento de dificuldade que o setor elétrico brasileiro está passando devido à crise hídrica: "Essa é uma oportunidade de diversificação da matriz energética que temos atualmente", apontou o diretor.

González reforçou que o biogás não envolve apenas a geração de energia renovável, mas também uma série de oportunidades de negócios por meio da cadeia produtiva do combustível biometano, que é derivado do biogás.

"Com o biogás, cria-se a oportunidade de desenvolver a economia circular e a bioeconomia. O que antes era pensado como problema na agroindústria pode ser pensado como possível solução, mesmo com todos os desafios envolvidos", explicou.

Em apresentação para os empresários do Rio, o consultor da UNIDO e especialista em cadeia de valor, Emilio Beltrami, ressaltou que o mundo caminha em direção a uma matriz energética “mais verde”:

"O biogás serve tanto para diminuir o impacto ambiental das grandes produções de proteína animal, quanto para gerar energia elétrica. Por isso, estamos abrindo espaço para divulgar e multiplicar os conhecimentos e boas práticas da produção de biogás para estados como o Rio de Janeiro", afirmou. 

O bate-papo online sobre o mercado brasileiro de biogás também contou com apresentações técnicas de outros dois consultores da UNIDO pelo projeto GEF Biogás Brasil: de Vinicius Fritsch, especialista em biogás, e Luis Felipe Colturato, especialista em resíduos e biogás.

Saiba mais sobre o projeto GEF Biogás Brasil em www.gefbiogas.org.br .

 

Sebrae-RJ e GEF Biogás Brasil conversam com empresários do Rio de Janeiro sobre oportunidades de negócios do biogás

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

UNIDO
Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa