Notícias

OPAS pede fortalecimento da ação governamental contra impactos da COVID-19

14 setembro 2021

  • A pandemia de COVID-19 trouxe não apenas impactos para a saúde, mas também a deterioração das condições de pessoas em situação de vulnerabilidade. No último ano, a pobreza e a desigualdade cresceram na América Latina e Caribe.
  • Com o tema “Construindo comunidades equitativas", a Semana do Bem-Estar 2021 destaca a necessidade de fortalecimento de mecanismos de apoio social por governos para promover a equidade na saúde e ajudar as pessoas a enfrentarem os impactos da pandemia de COVID-19 e se recuperarem.
  • "Indivíduos que enfrentam dificuldades não deveriam depender da bondade e boa vontade de seus vizinhos apenas para sobreviver. Saúde e bem-estar para todos só podem ser alcançados quando os governos fornecem uma rede de segurança", afirmou a chefe da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) em sua mensagem para a semana, celebrada entre 11 e 17 de setembro.
Legenda: Semana do Bem-Estar é celebrada entre 11 e 17 de setembro
Foto: © OPAS/OMS

Na Semana do Bem-Estar 2021, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) pede aos governos que fortaleçam os mecanismos de apoio social para promover a equidade na saúde e ajudar as pessoas a enfrentarem os impactos da pandemia de COVID-19 e recuperação.

"Quero pedir veementemente a todos os governos e indivíduos que façam esforços mais coordenados e determinados para construir comunidades equitativas para que, juntos, possamos desmantelar as barreiras que impedem que todas as pessoas tenham as mesmas oportunidades de saúde e bem-estar", afirmou a diretora da OPAS/OMS, Carissa F. Etienne, em uma mensagem de vídeo para a Semana do Bem-Estar, que é celebrada entre 11 e 17 de setembro.

“No entanto, uma lição que esta pandemia também nos ensinou é que não é suficiente que as comunidades se unam”, declarou Etienne.

"Indivíduos que enfrentam dificuldades não deveriam depender da bondade e boa vontade de seus vizinhos apenas para sobreviver. Saúde e bem-estar para todos só podem ser alcançados quando os governos fornecem uma rede de segurança", defendeu a diretora da OPAS/OMS.

A Semana do Bem-Estar deste ano reconhece a deterioração das condições induzida pela pandemia de pessoas em situação de vulnerabilidade na América Latina e no Caribe. A pobreza atingiu níveis nunca vistos em 12 anos, em 2020, e a pobreza extrema atingiu níveis nunca vistos em 20 anos, segundo a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL). O declínio piorou a já severa divisão entre ricos e pobres na região.

Em sua mensagem de vídeo, Etienne se dirigiu a essas populações, enfatizando que "implementar medidas significativas de apoio social para proteger pessoas como migrantes, pessoas que vivem na pobreza, trabalhadores do setor informal - a maioria dos quais são mulheres -  ou em condições de trabalho precárias, moradias lotadas e aqueles que vivem em outras condições de vulnerabilidade é a única maneira de avançar em direção a uma maior equidade em saúde e bem-estar.”

A diretora da OPAS também chamou a atenção para a solidariedade dentro das comunidades, como as cozinhas populares instaladas em toda a região, que já foram vitais para ajudar as pessoas a lidarem com os impactos da pandemia. “Gostaria de aproveitar esta oportunidade para homenagear todas as pessoas entre nós que se reuniram no espírito de solidariedade para apoiar suas comunidades a enfrentar as dificuldades geradas por esta pandemia”, disse.

BIREME apoia práticas saudáveis - O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME), como Centro especializado da OPAS/OMAS, se junta a esta iniciativa, apoiando e disseminando as campanhas em seus canais de comunicação, incentivando os colaboradores a adotar hábitos de vida saudáveis, e convidando profissionais para proferir palestras sobre temas relacionados à nutrição e prática de esportes. A Vitrine do Conhecimento Semana do Bem-estar nas Américas foi desenvolvida para apoiar a campanha da OPAS/OMS e orientar a adoção de práticas de vida saudáveis.

Semana do Bem-Estar -  Entre os dias 11 e 17 de setembro é celebrada a Semana do Bem-Estar, campanha idealizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), uma iniciativa que teve sua primeira edição no ano de 2011 inspirada no Dia do Bem Estar do Caribe, comemorada no segundo sábado de setembro. O lema deste ano é “Construindo comunidades equitativas". A campanha de 2021 baseia-se no chamado do Dia Mundial da Saúde por equidade na saúde. A campanha - organizada pela OPAS em colaboração com a Agência Caribenha de Saúde Pública (CARPHA) e a Aliança de Associações de Saúde Pública na América Latina (AASPA) - destaca o papel vital que a solidariedade comunitária desempenha na obtenção de saúde e bem-estar para todos.

Saiba mais sobre a Semana do Bem-estar nas Américas

OPAS pede fortalecimento da ação governamental contra impactos da COVID-19

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

OPAS/OMS
Organização Pan-Americana da Saúde

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa