Notícias

BTS e líderes mundiais se juntam à ONU em evento em prol dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

20 setembro 2021

  • Em evento que marcou o início da Semana de Alto Nível da Assembleia Geral, o secretário-geral da ONU refletiu sobre os desafios mundiais, como desigualdade na vacinação e a crise climática. Diante dos desafios, António Guterres preferiu um tom otimista.
  • “Seria fácil perder a esperança. Mas não estamos desesperados. Ou indefesos. Temos um caminho para a recuperação, se decidirmos aceitá-lo”, afirmou, ao apontar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) como o roteiro para superar os desafios.
  • O Momento ODS contou com mais de 30 chefes de Estado, um debate liderado por altos funcionários da ONU sobre a COVID-19 e uma apresentação especial do fenômeno pop BTS.
  • Durante suas falas, os membros da banda sul-coreana destacaram o otimismo diante das dificuldades enfrentadas nos últimos meses como fonte de solução para os desafios atuais e defenderam a importância da vacinação e dos ODS nesse contexto.
  • Na semana passada, a ONU lançou uma nova campanha “Mantendo a Promessa”, que convida as pessoas ao redor do mundo a fazer a promessa de agir por um futuro melhor para todos.
Legenda: Integrantes do grupo de K-Pop BTS discursaram na Assembleia Geral da ONU
Foto: © ONU

O mundo “está sendo desafiado como nunca antes”, disse o secretário-geral da ONU, António Guterres, nesta segunda-feira (20), reforçando que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ainda oferecem um roteiro para o caminho certo. A fala foi feita durante o Momento ODS, evento que marcou o início da Semana de Alto Nível da Assembleia Geral, a mais importante do calendário da ONU.

“Seria fácil perder a esperança. Mas não estamos desesperados. Ou indefesos. Temos um caminho para a recuperação, se decidirmos aceitá-lo”, afirmou Guterres.

O evento contou com a presença de mais de 30 chefes de Estado, um debate liderado por altos funcionários da ONU sobre a COVID-19 e uma apresentação especial da banda pop sul-coreana BTS, apresentados pelo Presidente da República da Coréia. 

Para o chefe da ONU, este Momento ODS tem tudo a ver com “nos unirmos para salvar nosso planeta e uns aos outros”. 

Cinco áreas de atuação - No início deste mês, o secretário-geral lançou “Nossa Agenda Comum”,  um plano para fortalecer e revitalizar todo o sistema multilateral e reunir o mundo em torno de objetivos comuns. No documento, ele apontou cinco áreas de ação urgente.

Legenda: António Guterres defendeu aumento na produção de vacinas
Foto: © Eskinder Debebe/ONU

Primeiro, o mundo precisa acabar com a pandemia. Observando que a resposta “tem sido muito lenta e desigual”, Guterres pediu ao mundo que se mobilizasse por um plano global de vacinação que duplique a produção para atingir 70% da população mundial em meados do próximo ano. 

Em segundo lugar, ele destacou a necessidade de uma recuperação sustentável e equitativa para todos, para que o mundo continue no caminho para acabar com a pobreza até 2030.   

Para ele, isso significa investimentos ousados ​​em sistemas que apoiem o desenvolvimento humano, mas também “colocar as pessoas acima dos lucros, inclusive por meio de tributação progressiva, e acabar com a evasão fiscal, a lavagem de dinheiro e os fluxos financeiros ilícitos”.  

Ele então apontou para a igualdade de direitos para mulheres e meninas, dizendo que nenhum dos ODS pode ser alcançado sem igualdade de gênero. 

“Precisamos de investimentos ousados ​​para garantir que cada menina tenha um assento na sala de aula e as habilidades de que precisa para traçar seu próprio futuro”,  disse ele no contexto de reabertura de escolas de ensino médio no Afeganistão no fim de semana, sem o Talibã permitir que meninas voltassem a estudar.  

“Precisamos desmantelar as estruturas de poder que permitem a discriminação, a violência e as dificuldades econômicas que mantêm metade da humanidade abaixo do ideal. E precisamos garantir que meninas e mulheres tenham lugar em todas as mesas”, defendeu Guterres. 

Outra prioridade é acabar com a guerra contra o planeta, comprometendo-se com as emissões zero até 2050. Guterres também pediu aos Estados-membros que arquivassem planos para quaisquer novas usinas movidas a carvão após 2021 e mobilizassem 100 bilhões de dólares por ano para ações climáticas. 

Por último, ele enfatizou a importância de uma recuperação global equitativa, pedindo às pessoas em todos os lugares que trabalhem com seus governos para colocar as pessoas em primeiro lugar em seus orçamentos e planos de recuperação. 

“Meus amigos, o caminho está aí. A escolha é nossa. Avancemos com esperança e convicção ”, concluiu o secretário-geral.  

Recuperação e novos desafios - Discursando no evento, o novo presidente da Assembleia Geral, Abdulla Shahid, disse que “daqui para frente, pouco engajamento político e empenho de recursos continuam a ser uma falha comum” que dificulta o progresso no sentido de alcançar os ODS.

“Isso deve mudar. Que o retrocesso que o mundo presenciou, fortaleça nossa determinação e reforce nossa determinação para nos recuperar da pandemia e construir os ODS. Juntos é possível ", reforçou ele, em tom otimista.

BTS a favor da vacinação - Um dos membros da banda superstar BTS, V, disse que também "se sentiu desnorteado e perturbado" pelos retrocessos dos últimos 18 meses, mas que agora era "um momento ideal de nossas vidas para enfrentar novos desafios".  

“O que é importante são as escolhas que fazemos quando nos deparamos com mudanças, certo? Alguns de vocês ouviram a notícia de que estávamos indo para a ONU e muitos de vocês se perguntaram se fomos vacinados. E sim, todos os sete de nós, é claro, recebemos a vacina contra a COVID-19 ”, acrescentou J Hope, membro da banda, reforçando a importância da vacinação no contexto pandêmico.

No saguão da Assembleia Geral, o grupo lembrou como adolescentes e jovens foram afetados pelos impactos pandemia. Para o BTS, essa é a geração que continua lutando mesmo em situações inesperadas, com esperança e focando nas possibilidades. 

A banda encerrou a participação no evento com uma performance da música Permission to Dance, gravada dentro da Assembleia Geral e nos jardins das Nações Unidas.  

Mais por vir - Abrindo a semana de alto nível da 76ª Assembleia Geral, o Momento ODS foi realizado antes das principais reuniões sobre sistemas alimentares, clima, energia, empregos e proteção social. O evento foi projetado para criar o ímpeto necessário para cumprir a Década de Ação e manter a promessa dos ODS. 

Além disso, líderes mundiais, líderes empresariais, da sociedade civil, autoridades locais, os defensores dos ODS e a ONU destacaram a necessidade de ampliar soluções.

Para a ONU, este é um momento crucial para colocar os ODS de volta nos trilhos e prevenir os piores impactos das mudanças climáticas, com uma mudança profunda nas economias e sociedades em todos os lugares.  

Nos últimos 18 meses, a crise da COVID-19 perturbou economias e meios de subsistência, aprofundou as desigualdades e, agora, mais de 70 milhões de pessoas correm o risco de cair na pobreza extrema. No mesmo período, o progresso na redução das emissões de gases de efeito estufa foi muito lento e a perda de biodiversidade continuou em um ritmo extraordinário.

Tudo isso é agravado por uma resposta global profundamente desigual à pandemia com os países mais pobres do mundo e suas populações sendo os que mais sofrem. 

Reconhecendo essa urgência, a ONU lançou uma nova campanha na semana passada, “Mantendo a Promessa”. A campanha digital convida as pessoas ao redor do mundo a fazer a promessa de agir por um futuro melhor para todos.

Quem escolhe participar da campanha está sendo solicitado a escolher entre 11 promessas inspiradas nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, as metas para proteger o planeta e todas as suas pessoas.  

BTS e líderes mundiais se juntam à ONU em evento em prol dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

ONU
Organização das Nações Unidas

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa