Notícias

Autoridades ambientais da América Latina fortalecem cooperação diante de tríplice crise planetária

28 janeiro 2022

O 40º aniversário do Fórum de Ministras e Ministros do Meio Ambiente da América Latina e do Caribe foi celebrado com uma sessão especial híbrida na Costa Rica, com a presença de 17 delegações de autoridades de alto nível da região, e outras seis participando virtualmente.

O Fórum busca acelerar a ação multilateral diante da tríplice crise planetária de mudanças climáticas, perda de biodiversidade e poluição e resíduos.

Entre as soluções propostas para desafios regionais estão fechamento progressivo de lixões, mecanismos de financiamento para ação climática e proteção de florestas, avanço da circularidade, monitoramento da qualidade do ar, entre outros.

As ministras e ministros presentes também buscam coordenar ações regionais para a 5ª Sessão da Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA-5), que acontecerá a partir de 28 de fevereiro em Nairóbi, no Quênia.

Legenda: Autoridades ambientais da América Latina e do Caribe se reuniram na Costa Rica para debater desafios da região
Foto: © Atanas Malamov/Unsplash

Autoridades ambientais da América Latina e do Caribe celebraram na quinta-feira (27) o 40º aniversário do Fórum de Ministras e Ministros do Meio Ambiente da região com uma sessão especial para acelerar a ação multilateral diante da tríplice crise planetária de mudanças climáticas, perda de biodiversidade e poluição e resíduos.

Mais de 17 delegações chefiadas por ministras e ministros do meio ambiente e autoridades de alto nível participaram presencialmente da reunião em San José, na Costa Rica, e outras seis delegações que se conectaram virtualmente. As delegações estão avaliando formas de promover a implementação integrada dos acordos multilaterais ambientais, em discussão com os secretários-executivos das convenções das Nações Unidas que regulam a ação internacional sobre mudanças climáticas, diversidade biológica, desertificação e poluição.

“Enquanto esta região lida com a tríplice crise planetária, nossas vulnerabilidades são expostas e devemos nos comprometer a acelerar as ações para cumprir a Agenda 2030”, disse a ministra do Meio Ambiente e Energia da Costa Rica e atual Presidente do Fórum, Andrea Meza. "A solidariedade nos impulsiona a maiores esforços para encontrar melhores soluções para poluição, mudança climática e perda de biodiversidade a fim de realmente transformar sociedades e economias", completou.

“Em 2022, as Nações Unidas fazem um chamado a todos os setores para que entrem em modo de emergência em relação às crises ambientais que o planeta enfrenta”, afirmou a diretora regional do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) na América Latina e Caribe, Jacqueline Álvarez. “Nossos países enfrentam enormes desafios para resolver essas crises e proteger seus povos, principalmente os mais vulneráveis. Este fórum regional é uma plataforma para ação-orientada de cooperação, à qual o PNUMA tem servido com orgulho desde o seu início.”

Encontro no Quênia - Como parte do evento de dois dias, as ministras e ministros terão a oportunidade de trocar ideias e coordenar ações regionais para a 5ª Sessão da Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA-5), que acontecerá a partir de 28 de fevereiro em Nairóbi, no Quênia.

Entre os elementos que serão discutidos está a negociação de várias resoluções apresentadas à UNEA-5, sobre temas como soluções baseadas na natureza e o estabelecimento de um comitê de negociação intergovernamental para criação de acordo global vinculante sobre poluição plástica. A resolução contra poluição plástica é promovida pelo Peru em conjunto com Ruanda, e com o apoio de países como Chile, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Equador, Peru, Uruguai, além do Grupo de Amigos de Nairóbi para Combater o Lixo Marinho e a Poluição Plástica, liderado pelo Chile e Portugal, bem como o grupo de amigos de Nova Iorque sobre o mesmo assunto.

Restauração - Ministras, ministros e representantes de alto nível também definirão medidas para a implementação do Plano de Ação Regional para a Década da Restauração de Ecossistemas – o primeiro do gênero no mundo –, e mecanismos para aumentar os fundos para adaptação ao clima na região, que detém alguns dos países mais vulneráveis às mudanças climáticas.

Relatório sobre a Lacuna de Adaptação 2021 do PNUMA apontou que há uma necessidade urgente de aumentar o financiamento da adaptação climática. Os custos estimados de adaptação nos países em desenvolvimento são cinco a dez vezes maiores do que os atuais fluxos de financiamento público de adaptação, e a lacuna de financiamento está aumentando, diz o relatório.

As ministras e ministros são acompanhados durante o evento por grupos de especialistas em finanças, líderes do setor privado e representantes da juventude, sociedade civil e povos indígenas, no intuito de buscar soluções integradas para deter a degradação ambiental e, ao mesmo tempo, produzir crescimento econômico em uma região fortemente impactada pelos efeitos da pandemia de COVID-19.

Durante o encontro, o ministro do Pacífico e do Meio Ambiente do Ministério dos Assuntos Estrangeiros e da Commonwealth do Reino Unido, Zac Goldsmith, anunciou que seu país destinará 2 milhões de libras esterlinas para ajudar os países do Corredor Marinho do Pacífico Leste – Costa Rica, Panamá, Colômbia e Equador – a expandir e conectar suas áreas marinhas protegidas a fim de conservar um dos ambientes marinhos mais biodiversos do mundo.

Fórum de Ministras e Ministros do Meio Ambiente está promovendo soluções para desafios regionais prementes por meio do fechamento progressivo de lixões, mecanismos de financiamento para ação climática e proteção de florestas, avanço da circularidade, monitoramento da qualidade do ar, entre outros.

Devido à pandemia de COVID-19, a sessão especial do Fórum está sendo realizada em estrito cumprimento das medidas sanitárias e de biossegurança contempladas pelo Ministério da Saúde da Costa Rica.

Autoridades ambientais da América Latina fortalecem cooperação diante de tríplice crise planetária

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

PNUMA
Programa das nações Unidas para o Meio Ambiente

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa