Notícias

ONU-Habitat e Alagoas discutem diretrizes para implementação de Observatório de Políticas Públicas

02 fevereiro 2022

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) se reuniu com o Governo de Alagoas para discutir os próximos passos da implementação do Observatório de Políticas Públicas do Estado.

A plataforma vai fortalecer políticas públicas e impulsionar estratégias voltadas às agendas internacionais de desenvolvimento urbano sustentável no estado, como a Agenda 2030 e a Nova Agenda Urbana.

O projeto é realizado em parceria com a Secretaria Estadual do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

Legenda: A equipe do ONU-Habitat se reuniu nesta terça-feira (1) com membros da Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) de Alagoas

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) se reuniu nesta terça-feira (1) com o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), para discutir os próximos passos da implementação do Observatório de Políticas Públicas do Estado. O projeto, realizado em parceria com o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), vai aprimorar a operação e o monitoramento das ações do executivo alagoano, alinhando-as a agendas globais de desenvolvimento urbano sustentável.

Para que a implementação da plataforma seja assertiva, o ONU-Habitat e o Cebrap vêm dialogando com as equipes técnicas do estado, realizando workshops, oficinas e entrevistas que visam fornecer um panorama com as principais oportunidades, necessidades e desafios locais que devem ser considerados nesse processo.

“Por meio desse diálogo, já conseguimos encontrar algumas oportunidades importantes. Vimos o quanto as equipes técnicas, principalmente as das áreas de dados, indicadores e informações públicas, estão engajadas em participar dessa construção. Também podemos destacar as boas condições do estado em termos de projetos em andamento que dialogam com a temática e que indicam uma capacidade e um interesse em fomentar o tema em Alagoas. Nosso desafio agora é trabalhar esses ativos pensando na sustentabilidade do Observatório”, comenta o pesquisador do Cebrap, Tomás Wissenbach.

Articulada no âmbito do projeto Visão Alagoas 2030, que visa promover o desenvolvimento urbano sustentável no estado, a ferramenta deve cumprir papel central para a integração e ampliação das estratégias que vêm sendo conduzidas pelo ONU-Habitat desde 2017 no território.

Com a plataforma, a ideia é que o Governo de Alagoas e a população como um todo passem a contar com um instrumento que auxilie, de forma baseada em evidências, no processo de tomada de decisões, além de apresentar o nível de compatibilização dessas políticas com estratégias urbanas globais de desenvolvimento – como as que estão presentes na Agenda 2030 e na Nova Agenda Urbana.

“Para além da execução de bons programas e projetos estratégicos, é importante também medir o alcance, os avanços, organizar e compartilhar as informações que demonstram o quanto já foi feito e o quanto ainda é preciso fazer, coletivamente, para alcançar o desenvolvimento sustentável e a justiça social. O Observatório tem esse objetivo, de consolidar políticas públicas exitosas, engajar a sociedade e suas instituições para o uso destas informações e, com isso, apontar os caminhos, os próximos passos para alcançar a visão de futuro que queremos para Alagoas”, afirma o coordenador de Programas do ONU-Habitat, Alex Rosa.

ONU-Habitat e Alagoas discutem diretrizes para implementação de Observatório de Políticas Públicas

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

ONU-HABITAT
Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa