Notícias

Pacto Global lança Ambição 2030

27 abril 2022

A Rede Brasil do Pacto Global, parceira do Sistema das Nações Unidas, lançou na segunda-feira (25) a iniciativa Ambição 2030, criada para expandir o engajamento do setor privado na implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que integram a Agenda 2030.

Em evento realizado em São Paulo com a participação de mais de 200 CEOs, acionistas e investidores, o Pacto global apresentou os sete grandes Movimentos que pretendem acelerar o cumprimento da Agenda 2030: Mente em Foco, Elas Lideram 2030, +Água, Salário Digno, Raça é Prioridade, Ambição Net Zero e Transparência 100%. Cada um desses Movimentos trata de questões relacionadas à saúde, direitos humanos, clima, acesso à água e combate à corrupção.

O evento foi aberto pela coordenadora residente da ONU no Brasil, Silvia Rucks, que afirmou que “a reunião de dezenas de líderes do setor privado neste momento é uma preciosa oportunidade para que possamos abrir um espaço de discussão – e de ação”.

Lançamento da Ambição 2030 do Pacto Global, em São Paulo.
Legenda: Lançamento da Ambição 2030 do Pacto Global, em São Paulo.
Foto: © Pacto Global

A Rede Brasil do Pacto Global, parceira do Sistema das Nações Unidas, lançou nesta segunda-feira (25) a iniciativa Ambição 2030, criada para expandir o engajamento do setor privado na implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que integram a Agenda 2030.

Em evento realizado em São Paulo com a participação de mais de 200 CEOs, acionistas e investidores, o Pacto global apresentou os sete grandes Movimentos que pretendem acelerar o cumprimento da Agenda 2030: Mente em Foco, Elas Lideram 2030, +Água, Salário Digno, Raça é Prioridade, Ambição Net Zero e Transparência 100%. Cada um desses Movimentos trata de questões relacionadas à saúde, direitos humanos, clima, acesso à água e combate à corrupção.

Esses Movimentos são um chamado da Rede Brasil do Pacto Global para que as empresas brasileiras reconheçam a urgência e a necessidade de assumir compromissos públicos para promover ações concretas, com metas verificáveis. Antes mesmo do lançamento da Ambição 2030, 150 empresas que integram a Rede Brasil já haviam assinado compromissos com a iniciativa do Pacto Global.

Silvia Rucks, coordenadora residente da ONU, chama as empresas para a ação pelo desenvolvimento sustentável.
Legenda: Silvia Rucks, coordenadora residente da ONU, chama as empresas para a ação pelo desenvolvimento sustentável.
Foto: © Pacto Global

O evento de lançamento foi aberto pela coordenadora residente da ONU no Brasil, Silvia Rucks, que afirmou que “a reunião de dezenas de líderes do setor privado neste momento é uma preciosa oportunidade para que possamos abrir um espaço de discussão – e de ação”.

“Implementar ações positivas já não é suficiente. É fundamental também reduzir ou eliminar práticas danosas, que não estejam alinhadas ao desenvolvimento sustentável”, argumentou a coordenadora residente da ONU no Brasil. “Por isso é tão importante ampliar a ambição do Pacto Global e incorporar os princípios do desenvolvimento sustentável ao âmago de seus negócios, a todas as suas operações e cadeias de valor”, completou.

“Perceber que cada um tem seu papel e sua responsabilidade nessa transformação é fundamental. A mudança das estratégias empresariais é crucial e nós, como líderes empresariais, somos parte do problema, mas, juntos, somos também a solução”, afirmou o diretor-executivo do Pacto Global, Carlo Pereira.

Durante o evento, o Pacto Global apresentou o Conselho Jovem da instituição, que vai apoiar o Conselho de Administração com a recomendação de prioridades e oportunidades para acelerar a implementação da Agenda 2030. O Conselho Jovem é formado por Amanda Costa, Beta Boechat, Deives Picaz, Ivan Baron, Monique Evelle, Paloma Costa, Raul Santiago e Txai Suruí.

“Nós somos a geração que mais será impactada pelas decisões e escolhas que vocês fazem hoje. A inclusão não pode ser apenas um discurso bonito, ela precisa ser um direito de todes. Queremos construir um futuro digno, inclusivo e verdadeiramente representativo. Nós, as novas gerações, não vamos mais consumir aquilo que não nos representa, não vamos nos relacionar com marcas onde não nos vemos! Para um mundo em constante e acelerada mudança, diversidade não é apenas algo desejável, mas é uma vantagem estratégica. Empresas com vida longa são empresas diversas, plurais e ambientalmente responsáveis”, afirmaram os membros do Conselho Jovem em carta lida no palco.

Pacto Global lança Ambição 2030

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

RCO
United Nations Resident Coordinator Office
ONU
Organização das Nações Unidas

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa