Notícias

FAO e Fórum Mundial da Alimentação lançam Grupo de Jovens Cientistas

20 maio 2022

Durante o Fórum multissetorial sobre Ciência, Tecnologia e Inovação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o Fórum Mundial da Alimentação (WFF) lançaram o Grupo de Jovens Cientistas. 

O grupo é composto por 20 jovens de todo o mundo que fornecerão evidências científicas e conhecimento técnico para transformar os sistemas agroalimentares.

No mesmo evento também foi anunciado o Desafio de Pesquisa Transformadora (DPT) 2022, uma competição de pesquisa projetada para fomentar e promover a inovação no desenvolvimento sustentável para acabar com a fome e transformar os sistemas agroalimentares. 

 

Lançado em 2021, o Fórum Mundial da Alimentação (WFF) é uma rede global independente de parceiros facilitada pela FAO.
Legenda: Lançado em 2021, o Fórum Mundial da Alimentação (WFF) é uma rede global independente de parceiros facilitada pela FAO.
Foto: © World Food Forum 2022/FAO

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o Fórum Mundial da Alimentação (WFF) lançaram o primeiro Grupo de Jovens Cientistas do WFF e abriram as inscrições para a segunda edição do Desafio de Pesquisa Transformadora do WFF. 

As iniciativas foram apresentadas durante um evento paralelo do Fórum multissetorial sobre Ciência, Tecnologia e Inovação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), intitulado “Soluções lideradas por jovens para um futuro alimentar melhor”. O evento destacou o papel essencial dos jovens cientistas na identificação e ampliação de soluções inovadoras para alcançar os ODS e a transformação positiva dos sistemas agroalimentares, com foco específico no tema do WFF 2022 “Alimentação saudável. Planeta Saudável”. 

“Jovens pesquisadores têm o potencial de criar um grande impacto”, disse a enviada especial do Secretário-Geral da ONU para a Juventude, Jayathma Wickramanayake, em seu discurso de abertura do evento. 

O Grupo de Jovens Cientistas é composto por 20 jovens de todo o mundo que fornecerão evidências científicas e conhecimento técnico às iniciativas da WFF, e desenvolverão um relatório anual sobre questões políticas específicas, que são de particular preocupação para os jovens, e estão relacionadas com a transformação dos sistemas agroalimentares. 

“Contamos com os jovens para impulsionar a mudança”, disse o cientista-chefe da FAO, Ismahane Elouafi. 

Palestrante do evento, Ibrahima Hathie, é um dos 15 cientistas nomeados pelo Secretário-Geral da ONU, António Guterres, para elaborar o Relatório Global de Desenvolvimento Sustentável de 2023. Durante o evento ele disse que a comunidade de jovens cientistas entende melhor as necessidades, sentimentos e preocupações de suas gerações. “Eles são também uma importante fonte de energia, capaz de mobilizar a massa crítica para causas justas”, declarou. 

“O Grupo de Jovens Cientistas veio para ficar e para fornecer iniciativas confiáveis e baseadas em políticas”, disse o membro do grupo, Peter Asare-Nuamah. “O grupo é uma oportunidade para aprendermos, contribuindo para desafios globais, como mudanças climáticas e segurança alimentar. Portanto, devemos ser fortes. Estamos confiantes de que podemos mudar a narrativa.” 

Fazem parte do Grupo de Jovens Cientistas de 2022: Kim Anastasiou (Austrália); Peter Asare-Nuamah (Gana); Craig Chibanda (Zimbábue); Shulang Fei (China); Imad Antoine Ibrahim (Líbano); Alice Karanja (Quênia); Pacem Kotchofa (Benin); Lethicia Magno (Brasil); Clarity Mapengo (Zimbábue); Sarah I. Murphy (EUA); Ram Neupane (Nepal); Dinesh Panday (Nepal); Elisa Quaranta (Itália); Abdulkareem Raheem (Nigéria); Andrea Rosso (Itália); Michael Ruggeri (Itália); Jiang Shangchuan (China); Joanna Trewern (Reino Unido); Edy Trihatmoko (Indonésia); e Ambrogio Zanzi (Itália). 

Desafio - Além de lançar o Grupo de Jovens Cientistas no evento paralelo, o WFF também anunciou uma chamada para as inscrições do Desafio de Pesquisa Transformadora (DPT) 2022, uma competição de pesquisa projetada para fomentar e promover a inovação no desenvolvimento sustentável para acabar com a fome e transformar os sistemas agroalimentares. 

A vencedora do DPT do ano passado, Nafn Amdar, convidou pesquisadores jovens a enviar uma nota conceitual de duas páginas propondo uma ideia de pesquisa inovadora com foco em questões relacionadas a alimentação saudável e ação climática. O prazo para inscrições é 6 de junho de 2022 e os participantes selecionados receberão orientação especializada para ajudar a traduzir seus conceitos em trabalhos de pesquisa sólidos e apresentá-los no palco global da WFF em outubro de 2022. 

Fórum - Lançado em 2021, o Fórum Mundial da Alimentação (WFF) é uma rede global independente de parceiros facilitada pela FAO. Foi criado e é liderado por jovens para desencadear um movimento global que capacita a juventude a moldar ativamente nossos sistemas agroalimentares com a meta de alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e um futuro alimentar melhor para todas as pessoas. 

O WFF serve como a principal plataforma para engajar e aproveitar a paixão da juventude para galvanizar a ação e identificar soluções para os crescentes desafios enfrentados por nossos sistemas agroalimentares. Ele reúne e conecta os principais grupos de jovens, influenciadores, empresas, instituições acadêmicas, organizações sem fins lucrativos, governos, mídia e o público para aumentar a conscientização, promover o engajamento e advocacy e mobilizar recursos em apoio à transformação dos sistemas agroalimentares. Apresentando uma série de eventos interativos online, redes e plataformas de conteúdo, o WFF é organizado em torno de quatro eixos temáticos: Ação Jovem, Inovação, Educação e Cultura.  

Em 2021, o WFF reuniu mais de 40 mil jovens e jovens de coração de todo o mundo. Também participaram mais de 75 jovens e parceiros aliados dos jovens de todos os setores. 

FAO e Fórum Mundial da Alimentação lançam Grupo de Jovens Cientistas

FAO

Aline Czezacki Kravutschke

FAO

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade

FAO
Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura

Objetivos que apoiamos através desta iniciativa